Mulher vítima de estupro se encontra em estado de choque e com medo

Foto – Beatriz Pires

Na edição do último sábado (08), o Periscópio noticiou que havia sido localizada na quinta-feira (06) uma mulher de 43 anos que se encontrava desaparecida desde o dia 31 de maio. De acordo com o apurado pela reportagem junto a Delegacia de Defesa da Mulher, na oportunidade havia suspeitas de ela ter sofrido violência sexual.

A vítima foi localizada em uma residência no bairro Parque Industrial e, de acordo com informações obtidas com a filha da mulher que se encontrava desaparecida, ela alegou ter sido estuprada e mantida em cárcere privado. Um laudo médico comprovou a violência.

Ainda segundo a filha da vítima, um homem suspeito de ter cometido o estupro e a mantido em cárcere privado já havia sido visto pela família em outras oportunidades. “Conhecia de vista e nunca desconfiamos dele”, disse a familiar. “As investigações seguem e agora colocamos o caso nas mãos de Deus e esperamos que seja feita Justiça”, disse.

A adolescente de 17 anos, filha da vítima, comentou ainda que “com muito medo e ainda em estado de choque, ela está sendo cuidada por familiares nossos em uma outra cidade e não se lembra dos detalhes do que aconteceu. Achamos que ela foi dopada”.

O JP manteve contato com a Delegacia de Defesa da Mulher, que informou que a vítima e familiares foram ouvidos e investigações seguem para a apuração do caso. O suspeito dos atos segue em liberdade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *