Usuários dos Correios reclamam de situação de filas para atendimento

Pessoas aguardando a abertura da agência dos Correios, nas imediações da Praça da Independência (Foto: Daniel Nápoli)

Devido a pandemia do novo coronavírus, a agência dos Correios, situada na Praça da Independência (Largo do Carmo), está atendendo com restrições, podendo entrar na agência um número limite de clientes por vez para evitar aglomeração, além do uso de máscaras e álcool em gel.

Porém, ao Periscópio, o funcionário público Marcos André Rocha, que esteve recentemente em três oportunidades na agência, relatou que as pessoas que aguardam o atendimento estariam enfrentando uma fila de até duas horas debaixo de sol forte, tendo então proposto aos demais usuários que fosse formada uma fila na praça, em frente à agência, local em que havia sombra.

“Todo mundo concordou e fomos na sombra, todos felizes, até sair uma funcionária do Correio e dizer que não, que todos deveriam ficar na calçada do correio. Voltou todo mundo para o sol forte. Imagina ficar até duas horas na fila, muitas pessoas com crianças no colo e muitos idosos também tendo de permanecer durante todo esse tempo na fila e nessas condições”, explica. “A demora é muito grande para atendimento, já que estão atendendo de duas em duas pessoas e somente quando o atendimento for finalizado é que outra pessoa pode entrar e isso leva tempo”, relata.

Diante do exposto, a reportagem do JP esteve em contatou com os Correios, que por meio de sua assessoria informou que não procede a informação sobre o tempo de espera para atendimento na agência de Itu. “Em média, os atendimentos têm ocorrido em até 15 minutos”, informou. Quanto a formação de filas na parte exterior da agências, os Correios alegam que “estão atuando em conformidade com decreto municipal para manutenção da fila ao lado da unidade”.

Ainda de acordo com os Correios, “especificamente neste período de pandemia, a empresa está reforçando o controle do fluxo de atendimento e organizando os clientes de modo a manter a distância recomendada. Além disso, em atenção à saúde de seus empregados, a empresa está atuando com força de trabalho reduzida devido à iniciativa de redirecionar aqueles classificados como grupo de risco para o trabalho remoto. Tais fatores, consequentemente, ocasionam impactos pontuais no serviço de atendimento”.

A empresa ainda comenta que lamenta o ocorrido e informa que os Correios “estão atuando para minimizar os transtornos aos clientes. A empresa reitera que está trabalhando para viabilizar, com segurança, a continuidade de suas atividades, essenciais para atender a população nesse momento em que mais precisa, e segue à disposição pelos telefones 3003-0100 (capitais e regiões metropolitanas) e 0800 725 7282 (demais localidades), ou pelo Fale Conosco, no site www.correios.com.br”.

2 comentários em “Usuários dos Correios reclamam de situação de filas para atendimento

  • 01/07/2020 em 07:58
    Permalink

    Como faz falta a concorrência! Que venham FedEx, UPS e DHL para viabilizar a privatização dos serviços de correios. Somente assim teremos um serviço eficiente e seremos respeitados como consumidores.

    Resposta
  • 03/07/2020 em 17:23
    Permalink

    FUI NOS CORREIOS E SÓ TINHA 1 FUNCIONÁRIA ATENDENDO. E ELA AINDA CONVERSAVA COM TODOS QUE ATENDIA. ALGO QUE PODERIA SER FEITO EM 3 MINUTOS, ERA FEITO EM 10 MINUTOS!

    PRIVATIZA JÁ!!!!!!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *