Pinacoteca Fórum das Artes inaugura exposição multissensorial Campoamor

Mostra é de autoria da artista de Itu Raquel Fayad e curadoria de Andrés I. M. Hernández (Foto: Arquivo)

A Pinacoteca Fórum das Artes – instituição da Secretaria de Cultura de Botucatu – tem em cartaz, desde o dia 17 de maio, a exposição Campoamor, de autoria da artista de Itu Raquel Fayad e curadoria de Andrés I. M. Hernández. Selecionada por meio do Edital ProAC 13/2023, a mostra temporária traz obras que se utilizam de elementos da memória e experiências vividas pela artista, protagonizando o café como linguagem condutora e conexão para diferentes narrativas.

São 47 obras, entre elas as séries Baronesas, 2019 e Hora do café, 2019, que materializam encantos dos encontros afetivos. A construção dessas narrativas faz uma referência sociocultural ao café, criando potentes manifestos visuais que provocam discussões sobre realidades cronológicas do convívio humano, como a tradição dos costumes sociais no café.

Em Apagamentos, 2019, a apropriação de imagens é contraposta pelo tempo no suporte e nas intervenções, remetendo ao progresso industrial e acentuando os campos de relacionamentos afetivos nas aproximações referenciais que provocam. Já Majestosas, 2019 e Baronesas, 2019 carregam, nas suas sonoridades, a permanência do tempo, do espaço e da memória.

As instaurações Campoamor, 2017/2024 e Toccata e Fuga, 2024, propõem experimentações em que o público entrará em contato com os grãos de café. Toccata tem uma força inerente à inserção do som, provocada pelo movimento com o rastelo, do moedor de café, e pela movimentação da artista e dos espectadores – de acordo com a artista, é um convite ao encontro com nós mesmos, com o nosso som interior.

Por sua vez, a videoinstalação Chama, 2017 traz referências dos processos até a torra do café com as combinações características dos quatro elementos da natureza (fogo, terra, água e ar) e dos estados físicos da matéria (sólido, líquido e gasoso). As abordagens de gênero e raça na formação cultural da identidade brasileira são retratadas nas obras das séries Peles, 2019 e Terra e sangue, 2019.

Para Fayad, Campoamor “traz um pouquinho das sensações e percepções desse fruto tão precioso, conduzindo o visitante pelo caminho do café do grão à bebida por meio de sensações, como toque, audição do roçar e aroma, ao mesmo tempo que provoco reflexões sobre a vida e minha percepção do mundo externo e sobre esse grão, que é alimento do corpo, da alma e da minha produção artística”.

Segundo o curador, “igualmente relevantes são os diálogos que Fayad prioriza entre as obras de arte e as particularidades históricas e estruturais dos espaços arquitetônicos onde o projeto artístico é apresentado”.

Serviço:
Exposição “Campoamor”
Datas: de 17 de maio de 2024 a 01 de setembro de 2024
Local: Galeria Fórum das Artes – Avenida Dom Lúcio, 51 – Botucatu/SP
Funcionamento: de quarta a sexta, das 8h30 às 17h, e sábados, domingos e feriados, das 11h às 17h. Acessibilidade no local – Sem estacionamento.
Ingressos: Entrada gratuita.
Informações: 14 3811-1470 | pinacotecabtu2021@hotmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *