Curta-metragem sobre Maria de Oliveira tem lançamento previsto para junho

Gravações do curta-metragem também aconteceram na capital paulista (Foto: Divulgação)

O cineasta Paulo Aranha está pronto para lançar seu mais recente trabalho, o curta-metragem documental intitulado “Maria de Oliveira: o cinema brasileiro passou por Itu”. Com previsão de lançamento para a primeira semana de junho, o filme mergulha na vida de Maria de Oliveira, que acompanhou e participou ativamente de produções cinematográficas realizadas na cidade de Itu durante a década de 1960.

Ao longo do curta-metragem, os espectadores conhecerão mais sobre os bastidores das produções cinematográficas na época em que Maria de Oliveira deixou sua marca. Desde sua participação como atriz até seu trabalho como continuísta e maquiadora, Maria desempenhou um papel importante em filmes como “Vereda da Salvação”, dirigido por Anselmo Duarte, e “O Anjo Assassino”, dirigido por Dionísio Azevedo.

Figura importante para a história do cinema brasileiro, Maria de Oliveira, hoje com 75 anos, continua morando em Itu, em uma casa modesta cercada por vários gatos. O curta-metragem destaca suas condições modestas e que depende da ajuda da comunidade para sobreviver.

Paulo Aranha, diretor e roteirista do filme, expressou sua gratidão por ter a oportunidade de contar essa história. “Maria é uma verdadeira inspiração, e foi uma honra poder compartilhar sua experiência. Espero que este filme honre seu legado e inspire outras pessoas a reconhecer e apoiar esses batalhadores da cultura”.

O curta-metragem documental “Maria de Oliveira: o cinema brasileiro passou por Itu” foi aprovado no Chamamento Público nº 08/2023 – Seleção de Projetos Culturais Destinados ao Setor do Audiovisual, promovido pela Secretaria Municipal de Cultura e do Patrimônio Histórico de Itu – São Paulo, com recursos oriundos da Lei Paulo Gustavo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *